Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias
Notícias
26 de Julho de 2018
5 4 3 2 1

O que faz cada membro da gestão escolar?

Diretor, vice-diretor, coordenador e orientador pedagógico são primordiais para o bom funcionamento da escola

Por: Naiara Albuquerque
Crédito: Getty Images

Para uma escola funcionar de maneira organizada, não é só cada um no seu quadrado: os profissionais envolvidos na gestão precisam trabalhar em conjunto, dentro das suas responsabilidades. Diretores, vice-diretores, coordenadores pedagógicos e orientadores educacionais devem trabalhar em conjunto para complementar o trabalho do professor – e garantir o aprendizado do aluno. "Essa organização é para melhorar o desenvolvimento e desempenho de todos os que estão envolvidos nos processos pedagógicos", afirma Márcia Regina Chammas, orientadora educacional há 19 anos na unidade Higienópolis do Colégio Rio Branco. Abaixo, explicamos qual é o papel de cada um dos atores da gestão escolar. Confira:

Diretor, o líder da comunidade
"Orquestrar a administração de um colégio", foi assim que Lucia Seixas, diretora e mantenedora do Colégio Conexão há 28 anos, de Taguatinga, Distrito Federal, define o papel de diretora. Segundo ela, o diretor desempenha múltiplas funções para garantir o aprendizado de seus alunos a partir de uma educação continuada de sua equipe docente. Responsável por administrar uma escola, cuidar das finanças, supervisionar o projeto político-pedagógico (PPP), cuidar da equipe, organizar eventos escolares e envolver a comunidade são algumas das tarefas atribuídas ao diretor.

LEIA MAIS   As responsabilidades do diretor

Vice-diretor, o braço direito
"É uma função que nos dá a responsabilidade de tomar certas decisões e às vezes tem a importância de ser um elo entre os professores e o diretor", afirma Gilmara Marques de Souza, vice-diretora da Escola Municipal Manoel Salvador de Oliveira, localizada em Itabirito, Minas Gerais. O vice-diretor é àquele responsável por auxiliar o diretor em suas atribuições, contribuindo para a gestão administrativa e pedagógica e compartilhando as tarefas. Ainda assim, é importante ressaltar diretores e vice-diretores podem se dividir de acordo com os pontos fortes de cada um.

LEIA MAIS   Vice-diretor: o braço direito do gestor

Coordenador pedagógico, o guardião da aprendizagem
Compreender os pontos fortes e fracos que a escola tem, garantir o PPP, cuidar da formação continuada da equipe e acompanhar os resultados de aprendizagem da escola são algumas das funções que o coordenador deve desenvolver no ambiente escolar. "No dia a dia temos múltiplos papéis. A função do coordenador é articular a proposta curricular com os professores e de ser mediador entre as demandas dos alunos, das famílias, dos diretores e dos professores", explica Anderson Weber, coordenador pedagógico do Colégio Mater Amabilis, localizado em Guarulhos, São Paulo.

LEIA MAIS   Coordenador pedagógico: o que fazer e o que não fazer

Orientador educacional, o mediador
"Mediação" é a palavra-chave que a coordenadora Márcia usa para definir o trabalho que faz de orientadora educacional. Ela explica que o orientador pode e deve ajudar na articulação entre alunos, professores e pais. "Acredito que o orientador pela qualidade diferenciada de seu olhar pode contribuir e proporcionar o desenvolvimento e o desempenho de todos os que estão envolvidos nos processos educacionais-pedagógicos", explica.

LEIA MAIS   O papel do orientador escolar

Diferentemente de professores e outros profissionais que desempenham seu trabalho focado no currículo disciplinar, o orientador busca entender o comportamento dos alunos em uma perspectiva mais ampla. Ele também deve trabalhar em conjunto com outros profissionais no ambiente escolar e da comunidade buscando construir, a partir da escuta e diálogo, a formação dos alunos. Segundo a orientadora, projetos desenvolvidos dentro e fora de sala de aula também é parte essencial do trabalho deste profissional.

Aprofunde sua leitura

Assuntos Relacionados