Ir para o conteúdo Pular para o menú principal
ANÚNCIO
Você sabia que é possível salvar matérias para ler mais tarde? Use o botão icone ler mais tarde Ler mais tarde
icone menu

Dicas para aproveitar o espaço e o tempo do recreio com os alunos

por:
Marlucia Brandão
Marlucia Brandão
Foto: Marlucia Brandão

Sabemos que  o recreio é um espaço riquíssimo de troca e de aprendizagem. Os poucos 20 minutos de intervalor são os mais queridos dentro da escola. É o momento de respirar de forma despreocupada, de lanchar, bater papo e brincar. No entanto, se a instituição não tiver um espaço físico adequado, a conversa pode virar gritaria e a brincadeira, agressividade.

Na EMEIEF “ Boa Vista do Sul”, em Marataízes-ES, não temos espaço físico para que o recreio transcorra de forma prazerosa e tranquila. Uma média de 150 alunos em cada turno têm que dividir um espaço de 14 metros quadrados.

Percebendo que o índice de indisciplina aumentava durante o período de recreação , fora os casos de bullying, conversarmos com o setor pedagógico e com a coordenação, e começamos a estruturar uma estratégia de otimização do espaço-tempo do recreio.

Dessa forma, associado à disciplina de Arte, organizamos um projeto envolvendo música e chamado de “The Voice Boa Vista do Sul”, em referência ao programa de calouros que acontece no Brasil e em outros países. Fizemos essa escolha pois acreditamos que, dentro e fora do cotidiano escolar, a música favorece significativamente a interação sociocultural.

Veja como nos organizamos:

  1. Diálogo com o pedagógico e coordenação de turnos;
  2. Sensibilização da professora de Arte para alinhar o projeto às suas aulas de maneira a trabalhar a musicalidade;
  3. Divulgação do projeto através de cartazes;
  4. Inscrição dos alunos que quiserem participar;
  5. Organização do espaço do recreio, para fazer as audições;
  6. Propiciar a participação dos demais professores;
  7. Organização da grande final.

Depois da experiência, chegamos a algumas conclusões: toda a escola se envolveu e participou; descobrimos talentos musicais, até mesmo entre os alunos mais tímidos e agitados, que também participaram; a indisciplina no recreio diminuiu consideravelmente; as famílias dos alunos envolvidos se aproximaram da escola. Enfim, o “The Voice Boa Vista do Sul” ultrapassou os muros da escola e o nosso recreio virou um espaço prazeroso e ainda mais esperado por todos. Foram momentos riquíssimos!

E vocês, diretores, têm alguma história semelhante para contar? Compartilhe conosco.

Beijos,

Marlucia Brandão é diretora da EMEIEF Boa Vista do Sul, em Marataízes-ES, desde 2016, e professora de Língua Portuguesa, com especialização em Linguística Aplicada ao Português, Psicopedagogia Institucional e Ciências da Educação. Deu aulas em todas as etapas, da alfabetização à Educação de Jovens e Adultos (EJA). Também foi Secretária de Educação de Marataízes entre 2011 e 2012.

ANÚNCIO
LEIA MAIS